Toxoplasmose

Toxoplasmose

O que é a Toxoplasmose?

Toxoplasmose, ou como é popularmente chamada “doença do gato”, é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida, causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii, encontrado nas fezes dos gatos e outros felinos. Contudo, homens e outros animais também podem hospedar o parasita.

A toxoplasmose pode causar sintomas semelhantes aos da gripe em algumas pessoas, mas, na maioria das vezes, as pessoas afetadas nunca desenvolve sinais e sintomas. Para crianças nascidas de mães infectadas e de pessoas com sistema imunológico enfraquecido, a toxoplasmose pode causar complicações sérias, inclusive a cegueira.

Tipos de Toxoplasmose

  • Toxoplasmose febril aguda: A toxoplasmose aguda apresenta-se na forma de febre, exantema generalizado, acometimento pulmonar, miocárdico, hepático, miosite. Os sintomas mais comuns da forma aguda são febre, exantema generalizado, mialgia, artralgia, alteração da função hepática, aparecimento de adenopatia cervical e, às vezes, diarreia.
  • Linfadenite toxoplásmica: A linfadenite toxoplásmica caracteriza-se por linfadenopatia (condição em que os nódulos linfáticos ficam com tamanho, consistência ou número anormais) localizada geralmente na cervical e, raras vezes, generalizada.
  • Toxoplasmose ocular: A toxoplasmose ocular ocorre na forma de coriorretinite (um processo inflamatório que envolve o trato uveal do olho), aguda ou crônica.
  • Toxoplasmose neonatal: A toxoplasmose neonatal acontece quando a infecção é intra-uterina, variando de assintomática a letal, dependente da idade fetal
  • Toxoplasmose no paciente imunodeprimido: A toxoplasmose no paciente imunodeprimido ocorre do recrudescimento da toxoplasmose por imunossupressão associada à aids, doença linfoproliferativa, uso de imunossupressor.

Quais as suas causas?

Essa doença é causada por um cisto do tipo Toxoplasma gondii, um dos parasitas mais comuns do mundo. Ela pode ser adquirida por meio da ingestão de alimentos contaminados – em especial carne crua ou mal passada, principalmente de porco e de carneiro – e vegetais que abriguem os cistos do Toxoplasma após terem tido contato com as fezes de animais hospedeiros.

Esses cistos podem infectar quase todas as partes do organismo humano, incluindo cérebro, músculos e até mesmo o coração. No entanto, se a pessoa for saudável de um modo geral, o sistema imunológico a defenderá bem contra as ações do parasita, mantendo-o inativo dentro do organismo e impedindo, assim, que a pessoa volte a ser infectada novamente por ele.

Mas se a resistência não for tão boa, principalmente se o paciente tiver alguma doença que comprometa o sistema imunológico, a infecção pode ser reativada e causar sérias complicações.

A doença também pode ser congênita. Neste caso, ela é transmitida da mãe infectada para o bebê por meio da placenta. Se a mulher foi diagnosticada com a doença um pouco antes ou durante a gestação, as chances de ela passar a inflamação para o filho são de 30%, em média.

Deixe uma resposta